Certo, Sr. Lyrio

Certo, Sr. Lyrio1, a pergunta correta era esta:

“Que sanções estão sendo previstas para as nações que não venham a cumprir com as metas (ainda que pouco ambiciosas, como coloca o senhor) acordadas na Rio  +20? O Brasil, por exemplo, além de um constrangimento – seja lá o que isso signifique -, que restrições deveria sofrer por aprovar um código florestal nessa largada de milênio tão afinado com o seu passado pré-industrial?”

Talvez eu prolongasse…

Que  outra postura não adotaríamos se as metas de superávit primário obtidas pela exportação de gêneros primários e carne fossem limitadas pela restrição multi-lateral de mercados compradores? Como nos soa a ideia de moralização econômica? Uma conferência mundial sobre desenvolvimento sustentável não deveria tratar de incutir valores às atividades de agentes supra-nacionais?

1 Fernando Lyrio, Assessor Extraordinário do Ministério do Meio Ambiente para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (“Rio+20”) e convidado da Quarta Sustentável promovida pelo CDS-UnB esta noite.

Anúncios

One thought on “Certo, Sr. Lyrio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s