Reto no incerto

para jinha

A nossa felicidade é consequente
Consequente e causa
dessa perturbadora tristeza que abraça

Feito a fartura da playlist amplificada do vizinho,
Feito a ecumenia desse bairro de pagãos,
Feito uma criança entediada em um longo vôo, cobrando atenção.

Assim tem se comportado a tristeza.
Esses tem sido os dias.
Eu trago as promessas e acredito nelas
Eu trago as palavras e o conforto delas
Eu tento o equilíbrio
Invento um colchão de aparo
Fecho os olhos, fecho os teus
Beijo a foto.

Há um valor aqui que ninguém pode ver
O ceticismo paira e é esperar para
Deixe que digam, que pensem
Deixe vir as farpas
O que é a vida senão a contingência da certeza?

Se te perguntarem, diga:
Há, para nós, razão dessa tristeza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s