Deck Norte

Restos de carne nas minhas unhas
Arranhei mesmo fundo o teu peito
Minto. Pior, cravei, fiz crer e depois larguei
Larguei, sumi e deixei sangrar

E vi que o sangue em ti não coagula
Como é que eu ía supor?

Sou gente de achar que viver compensa
Foi vivendo: eu descobri a decadência
Andava de mão dada com a alegria,
Quis correr e tropecei num pedregulho, rolei barranco abaixo
Levava a vida assim, pagava os dias com a moeda de uma cara
Acho que por essas que fiquei com o nome sujo na praça

Isto aqui, por acaso, é uma praça de alimentação
Som ao vivo, suco de morango
Combo 10 mais meia porção de niguiri de salmão
Estou de avaliador do projeto de um amigo
Aquele papo de academia virou pra valer
De companhia, o vale inteiro da Lacônia e um calhamaço

Tocam Leila Pinheiro, Gonzaguinha
Eu hesito em bater palmas
Estou só como não se aconselha
Só numa noite de sexta-feira
Sinto que passo aquele cansaço carregado no olhar
Tenho duas largas semanas pra levar antes do recesso apocalíptico
Meu bilhete está comprado, meu pedaço de praia lá
Tenho tudo o que preciso (lá), naquela cidade (pausado)
A vida aqui segue por listas e metas
Post-its, comprimidos e cupons de supermercado
Passaram-se uns meses, passei por mudanças, tratei de doenças
Não quero falar delas

Olha só. Prometo que quando voltar te tiro do pause
Você não tem ideia até agora como foi que bateu asa
Sobre nós e sobre todos sempre esteve a gravidade
Eu te tirei de casa e pus pra fora
Você prefere a sua cama, você ama o edredon e cobre a sua culpa, pondo toda em mim
A verdade é dura e eu vou dizer: você gostou de ser criança, você cismou de ser criança, você

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s