Qualquer coisa errada

Qualquer coisa errada temos feito. Admitamos. Algo mais grave que o acúmulo dos tropeções ancestrais. A minha história não tem equivalência. A de ninguém tem. Falo como mais que um, me somo aos de meu tempo, porque é nessa gente que me percebo, que me calibro e me margeio. Quisera lançar um verso de gancho para edificarmo-nos, manter-nos o prumo do olhar erguido. Quisera prover esperança como tantas vezes fiz. Talvez até encerre por lá, talvez nos encontremos na leveza familiar dos desfechos. Eu, por mim, já sei sorrir em todo caso. Tanto a nós se passou, que qualquer pleito narrativo soaria injusto. Venho ponderar a respeito desta impressão estirada sobre os dias. Dias que fazem meses e, por dado acaso, viram e viveram pra rever estações. Esses sentimentos persistentes incomodam, porque lembram que não conseguimos nos trabalhar por completo. Os diamantes brutos comportam resíduos e impurezas cujo isolamento demandaria mutilação no ser, demandaria não ser. Mas não é bem sobre nossas personalidades esta denúncia particular. Temos feito qualquer coisa de errado: eis a história da humanidade. Temos cometido erros. Menos. Estamos todos certos, no curso de nossos meandros. Quando ferimos e pedimos perdão. Quando explodimos e nos recompomos ou nos recompõem. Quando somos gratos. Quando esquecemos de ver o mar e logo em seguida nos lembramos. O erro é desentender-se com a felicidade a ponto de não reatar.

Tem tempo já que transito rasteiro. Deu já. E não cessei de buscar. Nunca me consenti uma pausa. Pra onde foi essa danada? Não faço ideia. Vale dizer a que felicidade me refiro. Àquela íntima, pois todas só o são se compartilhadas. E por partilha entendo a troca (e a presença – o botão share não se aplica).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s